Varejo catarinense estará na primeira fase do programa Junta Digital | CRYPTOID

Varejo catarinense estará na primeira fase do programa Junta Digital Regina Tupinambá

O varejo catarinense estará na primeira fase de implantação do programa Junta Digital, desenvolvido pela Junta Comercial de Santa Catarina (Jucesc), com apoio da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de SC (FCDL/SC) para o segmento.

A intenção é que os processos de abertura de novos empreendimentos ganhe ainda mais velocidade, pois passarão a tramitar de forma digital, excluindo o papel e reduzindo o tempo entre as diferentes instituições envolvidas, de acordo com Julio Marcellino Jr, presidente do órgão estatal.

Cerca de 70% dos processos serão beneficiados na primeira etapa, ainda neste semestre, o que inclui as empresas de menor porte. As do tipo S/A, consórcios e cooperativas serão incluídas em um momento posterior, em função da necessidade de análise mais complexa, detalha o presidente.

Representante da FCDL/SC no Conselho de vogais, Raul Weiss lembra que a medida ampliará a velocidade e trará incentivos para o varejo.

Para isso será fundamental que o empresário e o escritório de contabilidade contratado possuam certificação digital – o que garante fidelidade à assinatura eletrônica dos documentos.

Um trabalho grande será realizado para conscientização e modernização das empresas, que ocorrerá em conjunto com os órgãos que assessoram o empresário”, explica Weiss. Hoje a tramitação, embora célere, é feita com documentos impressos, que são digitalizados. Com a Junta Digital a tramitação ganhará em segurança e transparência, além do acompanhamento virtual.

“Corpo de Bombeiros e órgãos governamentais, como as secretarias de Saúde e Segurança Pública, por exemplo, também poderão usufruir desta agilidade”, diz Marcellino. O processo de implantação está em andamento, com os testes no sistema já realizados e aguarda apenas a deflagração para migrar o atendimento.

“O software está instalado na unidade de Florianópolis e a previsão é de que até o fim do primeiro semestre comecemos a operar com alguns tipos de empresas, o que inclui o varejo”, aponta o presidente da junta.

Força da economia catarinense – A intenção da Junta Comercial, compartilhada com a FCDL/SC, é simplificar os processos e permitir que a economia do estado possa crescer à medida que os processos se tornam mais ágeis, baratos e transparentes.

“Tivemos aumento de 16,9% na taxa de abertura de empresas em Santa Catarina em 2016 frente ao ano anterior, o que representa 82 mil novos negócios. Isso é fruto da desburocratização – com iniciativas como a Lei do Bem Mais Simples, que prevê a autodeclaração – e da política austera do governo do estado”, finaliza Marcellino.

O post Varejo catarinense estará na primeira fase do programa Junta Digital apareceu primeiro em CRYPTOID. http://ift.tt/2o6ZX7n http://ift.tt/2aM8QhC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s